Nova Economia Geográfica, Desenvolvimento Regional e Migrações

About

O objetivo deste projeto é compreender o impacto da integração económica na distribuição geográfica das atividades económicas e como estas determinam as assimetrias regionais. Em primeiro lugar, consideramos uma economia com múltiplas regiões de forma a ilustrar as complexas interdependências entre regiões num referencial mais realista. Procuramos entender como a heterogeneidade de produtividade e preferências determina a paisagem económica e quais os tipos de trabalhadores que se localizam nos diferentes tipos de regiões. Estudamos a criação e difusão espacial de conhecimento e inovação e a sua interação com os fatores de mercado. Avaliamos o papel de outros fatores, como vantagens institucionais, económicas e políticas, na localização da atividade económica. Estudamos o conflito entre as duas trajetórias de convergência/divergência nos últimos 20 anos na União Europeia (EU28): ao nível dos países, há convergência real entre países "pobres" e países "ricos", mas ao nível das regiões a convergência foi mais fraca, com alguns países exibindo divergência regional e divisões Norte-Sul ou Este-Oeste. Finalmente, descrevemos e explicamos como as diferentes regiões em Portugal e na União Europeia responderam aos sucessivos choques externos adversos, e em que medida a assimetria de resiliência afetou as trajetórias de crescimento de longo-prazo e as desigualdades regionais. Para atingir estes objetivos, construiremos novos modelos que reflitam a realidade económica e usaremos ferramentas de sistemas dinâmicos, em particular resultados de simetria, teoria de bifurcações e sistemas de células acopladas. A fundamentação microeconómica da concorrência em oligopólios dinâmicos também será instrumental para os nossos propósitos.

Duration
36months
Financial Support
164 080EUR
Start Date

Financial Support

FCT

Other Members

João Correia da Silva (co-IP)
Vasco Leite
José Gaspar